sábado, 14 de novembro de 2015

20,6% dos piauienses acima dos 5 anos são analfabetos, diz IBGE

O Piauí tem aproximadamente 608 mil analfabetos, considerando a população maior de 5 anos, que soma 2,9 milhões de pessoas, ou seja, 20,6% das pessoas em idade de alfabetização ainda são analfabetas - é o que revela a PNAD 2014, divulgada na última sexta-feira (13). 
O levantamento revela ainda que o analfabetismo é mais comum entre os homens - 330 mil são homens e 277 mil são mulheres. Essa realidade também persiste na zona urbana, onde metade dos analfabetos (306 mil) residem - 158 mil são homens e 148 mil são mulheres. 
A faixa de idade mais preocupante está acima dos 29 anos. A pesquisa mostra que de 30 a 39 anos, há 60 mil analfabetos no Piauí e esse número cresce nas faixas seguintes:
- De 40 a 49 anos: 107 mil analfabetos;
- De 50 a 59 anos: 91 mil analfabetos;
- 60 anos ou mais: 205 mil analfabetos.
Nas primeiras faixas de idade, o analfabetismo também é alto: 
- De 5 a 6 anos: 70 mil analfabetos;
- 7 anos: 15 mil analfabetos;
- 8 ou 9 anos: 20 mil analfabetos.
A faixa que menos tem analfabetos é a de 12 anos: há 2 mil analfabetos nessa idade no Estado. Entre os jovens, os demais números são os seguintes:
- De 10 a 14 anos: 12 mil analfabetos;
- De 15 a 19 anos: 8 mil analfabetos;
- De 20 a 24 anos: 8 mil analfabetos;
- De 25 a 29 anos: 13 mil analfabetos.
Na zona urbana, os dados são os seguintes:
Analfabetismo voltou a crescer
Na PNAD anterior, 19,7% da população piauiense era analfabeta. Isso quer dizer que houve um pequeno crescimento - 0,9% - no número de analfabetos no Estado, de um ano para o outro. Na frente do Piauí em analfabetismo estão apenas dois Estados: Alagoas (22,39%) e Maranhão (20,93%). Na pesquisa anterior, esses estados registravam índices de 21,7% e 19,9%, respectivamente, mostrando que eles também tiveram alta nesse indicador. Em 2012, o Piauí o percentual de analfabetismo no Piauí era 19,33%.
Cidade Verde