terça-feira, 24 de novembro de 2015

Jovens mortos em Luzilândia eram irmãos e feriram duas pessoas

                          Armas e toca ninja encontradas na casa 
Ambrósio Carneiro, pai das vítimas, comentou o crime e a perda para a família. Ele informou que uma briga de família pode ter motivado as mortes e que os corpos de seus filhos serão velados no município de Madeiro. 
"Não passa mais nada pela minha cabeça sobre o que aconteceu, se eu soubesse o que eles queriam fazer eu não teria deixado fazer nada. Na hora que eu soube, só vim, olhei, e a policia pediu para ir para casa. Eu fui embora.
Eu conhecia os proprietários da casa, um sobrinho do rapaz matou um irmão meu e de vez em quando ele ameaçava. Os meninos foram crescendo e agora aconteceu. Nunca imaginava, nem pensava uma coisa dessas. Eles passavam o dia trabalhando, não bebiam, não tinham passagem pela polícia. Não tem família que fique tranquila com isso, agora esperando que os corpos sejam liberados para o velório", disse. 
O comandante de Policiamento do Interior, Willame Costa, confirmou que os jovens mortos na Zona Rural de Luzilândia, na noite de ontem (23), eram irmãos e foram identificados como Donizete Ferreira da Silva, 27 anos, e Disse Ferreira da Silva, 17 anos. O delegado, que se deslocou até à cidade para apurar o caso, conta que as circunstâncias apontam que a dupla teria ido praticar um assalto e houve reação por parte do dono da casa. 
O proprietário da casa- identificado como Edmilson Carneiro Sales, 59 anos, foi esfaqueado e um amigo dele- Antônio Portela Albuquerque- chegou no momento da tentativa de assalto e foi atingido com um tiro de raspão na cabeça. 
"Apuramos que os irmãos foram fazer o assalto e o dono da casa reagiu, mas foi imobilizado. Em seguida, um amigo dele chegou e houve luta corporal entre as quatro pessoas, sendo que dois ficaram mortos e dois feridos", resumiu Costa. 
O delegado conta ainda que foram apreendidos dois revólveres, um capuz e uma motocicleta. Os irmãos foram mortos a tiros e golpes de faca. Além da da hipótese de tentativa de assalto, o comandante revelou que a Polícia Civil trabalha também com outra linha de investigação.
"Em 2010, o tio dos supostos assaltantes teria sido assassinados pelo irmão do dono da casa. Então, estamos trabalhando também com a hipótese de vingança. O que sabemos até o momento é que os dois foram até a casa armados. Não sabemos se para tentar assaltar ou matar o senhor Edmilson. Foi um crime bastante violento. Ficou sangue espalhado por toda a casa", disse Willame Costa. 
Os sobreviventes estão sendo trazidos para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Os corpos das vítimas foram levados ao IML de Parnaíba.
O delegado ressalta que o dono da casa pode não responder pelo crime de homicídio, uma vez que teria reagido em legítima defesa. "Contudo, já solicitamos perícia de local do crime e a perícia também vai revelar se houve ou não excesso por quem praticou a ação", finaliza.
Um duplo homicídio foi registrado no povoado Pedra Miúda, zona rural de Luzilândia, na noite desta segunda(23), por volta das 20 horas. Dois homens foram mortos em uma residência, supostamente pelos donos da casa. 
De acordo com as primeiras informações levantadas pela polícia, haveria uma rixa entre famílias e os homens teriam ido até o local para matar uma pessoa, ainda não identificada. Porém, houve luta corporal e foram mortos. 
A perícia teria encontrado perfurações de tiro em um dos corpos e perfurações de faca no outro, que ficou com as vísceras de fora. 
Segundo o soldado Espíndola, da Polícia Militar de Luzilândia, quando os militares chegaram ao local encontraram uma movimentação de populares e os dois corpos no chão. “Tinha muito sangue no chão e nas paredes, demonstrando que havia tido luta corporal e parece que os donos tinham sido levados ao hospital. No local, tinham dois revólveres calibre 38 e duas tocas ninjas”, declarou o policial.
Os corpos foram levados para Instituto Médico Legal (IML) e até o momento não foram identificados. Eles chegaram ao local às 4h30. 
No povoado Pedra Miúda as casas são afastadas, próxima a que ocorreu o crime, possui apenas outra residência. 
cidadeverde.com