sábado, 21 de novembro de 2015

Polícia Federal é acionada para investigar invasão no site da OAB

A direção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, apresentou notícia crime à Polícia Federal nesta sexta-feira (20) para apurar a ação maliciosa de hackers no site da instituição.
O suposto crime teria ocorrido na noite da última quinta-feira (19). A página foi alvo de ataques de pessoas ainda não identificadas, que alteraram o funcionamento normal do servidor na internet. Ao acessarem a página, os usuários encontravam a exibição de imagem e áudio apresentadas com referência a um grupo denominado “Asor Hack Team”.
Com o trabalho do setor de Tecnologia da Informação da OAB-PI, a ação logo foi reparada e sanados os efeitos da invasão, o site voltou ao seu funcionamento normal. 
“Evidentemente, trata-se de conteúdo totalmente alheio às atividades institucionais da OAB, exibindo sem autorização da instituição e por ação de pessoas alheias ao seu quadro de servidores. Tal conduta se amolda ao tipo penal de Invasão de Dispositivo Informático e esperamos contar com o trabalho da Polícia Federal para identificação da autoria do fato e a posterior responsabilização”, informou o presidente da OAB-PI, Willian Guimarães.

Em documento encaminhado à Polícia Federal, o presidente ressalta que embora a OAB não esteja vinculada organicamente à Administração Pública, é definida por lei como serviço público, ostentando natureza autárquica federal, equiparada aos demais Conselhos Profissionais e, por esse motivo, o crime deve ser apurado em âmbito federal.
Portal AZ