quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Policiais em Quixadá se emocionam ao cumprirem mandado de prisão contra idosa de 80 anos

Idosa está presa, mesmo doente e com 80 anos de vida correta, por causa que o filho deixou de pagar pensão a um menor.
Uma idosa de 80 anos passou por uma experiência terrível nesta terça-feira, 24, em Quixadá, quando recebeu voz de prisão e foi conduzida à Delegacia Regional de Polícia Civil deste município.
Contra ela havia um mandado de prisão por pensão alimentícia.
O filho da idosa mudou-se para São Paulo e deixou de pagar a pensão do próprio filho. Ele não manteve mais contato e a “Justiça” acabou lançando a responsabilidade para a idosa que, mesmo tendo passado 80 anos da vida sem cometer uma única irregularidade ou crime de qualquer natureza, acabou atrás das grades.

Doente, sentindo fortes dores nos ossos da bacia e muito pobre, ela foi recolhida quando estava em casa por uma viatura e está presa na Delegacia de Quixadá, onde clama por ajuda. Os policiais que cumpriram o mandado ficaram muito emocionados ao terem de executar uma ordem incomum.
Presa, a idosa deverá sofrer bastante com as dolorosas lembranças que vai guardar após ter sido obrigada a estar onde criminosos de verdade deveriam ser colocados.
A lei estabelece a obrigação de dar alimentos e, conseqüentemente, o direito de exigi-los dos avós e ascendentes em grau ulterior, desde que o parente em grau mais próximo não possa pagar. A responsabilidade dos avós é complementar quando os pais não estão em condições financeiras de arcar com a totalidade da pensão necessária.
www.monolitospost.com