domingo, 13 de dezembro de 2015

McGregor atropela José Aldo em 13 segundos e toma cinturão do Brasil

A luta durou apenas um golpe de cada lado. Eles deram diretos simultâneos
A provocação durou muito mais tempo que a luta. Depois de falar, provocar e irritar, Conor McGregor mostrou que também tem
capacidade para ser campeão. No primeiro lance da luta principal do UFC 194, o irlandês acertou um direto incrível em José Aldo e nocauteou o brasileiro. Agora, o polêmico lutador é o novo dono da categoria dos penas.
A luta durou apenas um golpe de cada lado. Eles deram diretos simultâneos, mas quem sentiu foi o brasileiro. Aldo caiu já desacordado e ainda levou alguns golpes no chão. A torcida irlandesas foi à loucura e o ginásio parecia um estádio em Dublin.
"Ele é potente, ele é rápido. A precisão vence força e a velocidade. Ele foi um campeão fenomenal. Ele foi campeão por muito, muito tempo e uma hora ia cair. A precisão supera a força e o tempo supera a velocidade. É isso que eu treino", afirmou McGregor depois da luta. ASSISTA O VÍDEO:


"Ele jogou o direto no meu peito, esperava isso, quando fui atacá-lo, ele me acertou um direto, eu creio que essa luta tem que ver mais pra frente, e ela não termina assim. Acho que vamos continuar isso", explicou Aldo.
"(As provocações) Não afetou em nada, ele pode ter falado o que for, nunca caio em provocação, estava tranquilo para fazer meu trabalho. Ele foi feliz hoje, acertou um bom golpe, agora espero uma revanche para voltar muito mais preparado e retomar o que é meu", completou.
Com essa vitória, Conor continua invicto desde que chegou ao UFC (19 vitórias e duas derrotas na carreira agora), com seis vitórias consecutivas. E seu próximo rival deve ser novamente José Aldo. Dana White já adiantou, desde antes do combate, que esse era o cenário mais provável e esse é o caminho normal do evento quando alguém fica tanto tempo com o cinturão.
Fonte: UOL e Globo.com