domingo, 27 de dezembro de 2015

Mortes causadas por álcool crescem 425% no Piauí

O Ministério da Saúde divulgou a pesquisa “Saúde Brasil 2014: Uma Análise da Mortalidade por Causas Externas” mostrando que a taxa de mortalidade por cada 100 mil habitantes com causas básicas relacionadas exclusivamente ao uso de bebidas alcoólicas aumentou 425,8% no período de 2000 a 2013.
É o segundo maior índice do Brasil, perdendo apenas para o Estado do Maranhão, onde a taxa de mortalidade relacionada ao consumo de bebidas alcoólicas foi de 456,1%; e seguido da Paraíba, onde o crescimento da taxa de mortalidade foi de 422,7%.
Segundo o estudo do Ministério da Saúde, em São Paulo, no Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro houve uma redução nas taxas de mortalidade por causas básicas associadas exclusivamente ao uso de bebidas alcoólicas de 2000 a 2013, de 17,4%, 7,2% e de 4,3%, respectivamente.
Para se ter a ideia de que aumento da taxa da mortalidade com causas básicas associadas ao uso do álcool é absolutamente desproporcional, a variação positiva da taxa no Brasil foi de 30,1% no período de 2000 a 2013.
Meionorte.