quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Polícia Militar fará atendimento especial para grupos vulneráveis em Parnaíba

Para atender o público mais vulnerável a violência, a Polícia Militar de Parnaíba lançou na manhã desta terça-feira (01/10) no auditório da Universidade Federal do Piauí, o Grupamento de Atendimento Especial à Criança ao Idoso e a Mulher (GAECIM), composto 20 policiais. O grupamento tem no comando a Capitã Leoneide Rocha, e cada guarnição será composta por três policiais, dos quais um integrante é mulher.
O policiamento especializado vai atender os casos onde a criança, o idoso e a mulher são alvo da violência. Casos estes que deverão ser atendidos com mais cautela. As vítimas, dentro do grupo citado, que se utilizavam de medidas protetivas também terão atenção do GAECIM, bem como o público LGBT pode dispor do policiamento especializado.
Além do Ministério Público e do Núcleo Maria da Penha, Parnaíba ainda dispõe do Núcleo de Enfrentamento a Violência Doméstica (NEV). O prefeito de Parnaíba Florentino Neto, destacou que mais esta iniciativa está fortalecendo o combate a violência as mulheres, crianças e idosos. Na oportunidade defendeu o combate a violência fora e dentro de casa.
O major Adriano Lucena, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar do Piauí, esclareceu que as pessoas são agredidas, por exemplo as mulheres, pela sua condição de vulnerabilidade. Segundo ele, a criação do GAECIM se destina a atender os grupos mais vulneráveis da sociedade. A sede do Grupamento de Atendimento Especial à Criança ao Idoso e a Mulher está localizada na Avenida João Silva Filho, Bairro Piauí, onde funcionou o Ronda Cidadão.
Proparnaiba.com