sábado, 23 de janeiro de 2016

BA: Ladrão de galinha morre eletrocutado em "armadilha" feita por moradora cansada de ser furtada

Policiais do 2° Pelotão de Itanhém (BA), foram acionados e informados por uma moradora, que o corpo de um homem estava preso em seu galinheiro. Os militares se deslocaram até o local, onde confirmaram o fato e isolaram a área, informando o caso à Polícia Civil. O delegado Sanney Simões e sua equipe se deslocou até o local, onde ocorreu o fato, e realizou o levantamento cadavérico.
A vítima foi identificada como sendo Rosilândio Barbosa Pereira de Jesus, vulgo "Chorró", 31 anos de idade. Segundo relatos, a proprietária vinha sendo constantemente roubada, e então, tentando evitar os constantes furtos, resolveu criar um "poleiro elétrico". Com o auxílio de um fio puxado da sua residência, energizou o poleiro, criando uma espécie de armadilha. E então, a criação logrou êxito, e conseguiu evitar o furto, mas, vitimou fatalmente o ladrão.
De acordo com informações, Rosilândio "Chorró" é um velho conhecido da polícia, e possui diversas passagens pela delegacia de Itanhém por roubos e arrombamentos. O mesmo é acusado inclusive de ter furtado objetos do Santuário da Igreja Católica, assim como suspeito de ter furtado a sede de uma cooperativa. Na cidade, segundo informações, a maioria parabenizou o ato da moradora, e outros inclusive diziam que era castigo, pois o mesmo roubou a casa de Deus.
O delegado solicitou perícia e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica comandada pelo Coordenador Paulo Libório e o assistente Ricardo Oliveira, esteve no local onde realizou os trabalhos periciais. A proprietária da residência, identificada como sendo Adileuza, foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil, onde será ouvida, e após finalizar o procedimento, o delegado poderá autuar a "vítima" dos furtos, por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
Liberdadenews