sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Jovem é assassinado ao flagrar esconderijo de criminosos no PI

O jovem vidraceiro Alex Costa de Oliveira, 27 anos, foi morto com dois tiros por volta das 10h desta sexta-feira (22), no Morro do Borel, bairro Angelim, zona Sul de Teresina. O suspeito é um adolescente que já respondeu por outros seis homicídios. Alex teria flagrado o suspeito e outros criminosos em uma espécie de esconderijo, segundo a polícia. 
De acordo com o capitão Paulo Silas, comandante da Companhia de Policiamento Independente do Promorar, o homem pode ter sido morto por estar "no lugar errado, na hora errada". 
"Aqui é uma área de encontro de criminosos, porque é de difícil acesso para a polícia. Esse é um local de passagem do morro. Ele estava na hora errada, no lugar errado. Infelizmente ele passou por aqui, se deparou com eles e eles cometeram o homicídio", informou. 


O rapaz foi atingido por pelo menos dois disparos de arma de fogo. A polícia está em busca do suspeito de ter atirado contra Alex, um adolescente já conhecido da polícia. De acordo com o capitão, o rapaz já cometeu diversos crimes, dentre eles o roubo da arma de um policial militar. 
"Na última vez em que ele foi apreendido, ele tomou de assalto um taxi no [bairro] Saci e fez roubos em vários estabelecimentos. Em um desses locais ele roubou uma arma de um PM. Isso ocorreu em setembro do ano passado e ele foi capturado, depois foi solto perto do feriado de Natal. No dia 27 de dezembro ele é suspeito de ter cometido outro homicío. Com esse de hoje, já são sete casos", informou. 
Segundo o comandante, policiais estão em busca do adolescente nos locais onde a polícia já sabe que ele costuma se esconder após os crimes. 
cidadeverde.com