segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Médico que caiu de sacada de pousada em Barra Grande, litoral do PI tem morte cerebral

                                             Leania Teles e Paulo César
Em entrevista ao GP1, o amigo do médico, Jeferson Limonge, disse que a família foi informada ainda nessa manhã, eles aguardam a conclusão do protocolo.
A família do cardiologista Paulo César de Carvalho Teles, de 57 anos, confirmou sua morte cerebral, na manhã desta segunda-feira (18). O protocolo para confirmar o óbito do médico já foi aberto, a família agora aguarda o período de 24h.
Paulo César foi transferido para a cidade de São Paulo – SP, neste final de semana. Ele e a esposam caíram da sacada de uma pousada, no dia 30 de dezembro do ano passado, em Barra Grande, litoral do Piauí.
De acordo com o amigo do médico, Jeferson Limonge, a família foi informada ainda nessa manhã, eles aguardam a conclusão do protocolo. “Recebemos a notícia a pouco, agora vamos aguardar o posicionamento da família”, contou. 
     Relembre o caso
O casal de médicos estava passando o réveillon na praia de Barra Grande, no litoral do Piauí. Paulo César de Carvalho e sua esposa Leânia Garcia Teles caíram da sacada da pousada de uma altura de aproximadamente três metros. Os dois estavam tirando fotos apoiados na estrutura de madeira que protegia a sacada, quando esta se rompeu, e ambos caíram de costas.
Os dois foram levados para o Hospital Dirceu Arcoverde, em Parnaíba e depois transferidos ao Hospital São Marcos. Paulo César ficou em estado grave e foi transferido no último final de semana para a cidade de São Paulo. 
Fonte: GP1