domingo, 24 de janeiro de 2016

DESCASO: Obra parada por falta de pagamento gera transtornos a juventude de Luís Correia (PI)

Com o passar dos anos a vegetação toma conta de onde seria uma praça
O que era para ser um sonho, tornou-se um pesadelo para os jovens da cidade de Luís Correia no litoral do Piauí. Há quase dois anos foi iniciada a construção de um Skate Park para beneficiar a juventude da cidade, principalmente os adeptos a esta modalidade esportiva que tem vários praticantes no município. 
Ferros pontiagudos jogados ao chão oferecem risco aos transeuntes  
A obra iniciou em julho de 2014 e deveria ser feita uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Luís Correia, entretanto só teve êxito através do executivo estadual por conta de uma emenda da Deputada Estadual Juliana Moraes Souza (PMDB). Segundo informações colhidas pela construtora responsável da obra a Prefeitura não repassou mais recursos para que o Skate Park fosse concluído.
Fios elétricos no local colocam em risco a vida das crianças
Com o pagamento da obra atrasada por parte da gestão de Adriane Prado (PP), o Skate Park está abandonando e propiciando perigo aos que trafegam e visitam o local. Fios elétricos expostos, as ferragens notoriamente percebidas e deixando inseguros os transeuntes. A juventude está sem local para praticar o esporte, sendo que a verba para a finalização da obra foi repassada, entretanto não foi aplicada. 
             Devido ao tempo de abandono os ferros já estão deteriorados 
Não existe placa da obra no local, o que legalmente é errado, pois não se sabe ao certo quem sãos os responsáveis, os valores e o prazo de entrega. A promessa feita pela Prefeita ainda em 2014, é o que serviço levaria no máximo seis meses, porém já são 18 meses sem respostas a população. Tentamos contatos com a gestão municipal para falar sobre o assunto, todavia não tivemos êxito.
Crianças se arriscam em rampa de madeira estragada.
       Almoxarifado da empresa responsável pela construção da obra. 
    Edição e imagens
    Folha de Parnaíba