domingo, 10 de janeiro de 2016

Papa pede que mídia conceda mais espaço para as boas notícias

                                               Papa Francisco
Ao fazer um discurso para 10 mil pessoas, no Vaticano, o Papa Francisco pediu que os meios de comunicação abram mais espaços para histórias inspiradoras e positivas para poder contrabalançar a preponderância do mal, da violência e ódio no mundo.
Em outro momento, Francisco ressaltou que o ano que passou houve muitas tragédias. ""Violência, morte, sofrimento indizível de tantas pessoas inocentes, os refugiados forçados a deixar seus países, homens, mulheres e crianças sem lar, alimentos ou meios de subsistência", afirmou.
Mas o Papa também ressaltou os "muitos grandes gestos de bondade" realizados com objetivo de ajudar os que mais precisam "mesmo que eles não apareçam em programas noticiosos da televisão (porque) as coisas boas não fazem notícia".
Francisco condenou a "sede insaciável de poder a violência gratuita que o mundo viu em 2015" e disse que os meios de comunicação não deveriam permitir que os gestos de solidariedade fossem "ofuscados pela arrogância do mal".
Revistaexame