sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

PARABÉNS, FLORENTINO!

Creio não ser nenhum demérito reconhecermos quando as pessoas acertam, quando conseguem um objetivo que venha trazer benefícios para muitas pessoas. Em sendo assim, estamos parabenizando o prefeito Florentino Neto que conseguiu coroar sua luta quase obsessiva que era contemplar Parnaíba com uma UNACON –Unidade de Assistência de Alta Complexidade em oncologia, que vai possibilitar a realização aqui mesmo em Parnaíba de exames, quimioterapia e cirurgias oncológicas.
Para chegar aonde chegou, com a confirmação do Parecer Técnico Favorável e Conclusivo pela implantação do Tratamento do Câncer em Parnaíba, Florentino reconhece que não esteve sozinho. Porém sua obstinação fez a diferença e ele disse em pronunciamentos que por diversas vezes se sentiu sozinho, mas não desistiu. E ele disse também que um dia vai escrever um livro narrando toda sua via- crucis, com viagens a Brasília, reuniões, cumprimento de exigências, paciência para vencer burocracia... enfim, uma luta titânica.
“Devo reconhecer que o Ministro Marcelo Castro tem sido extremamente gentil, cordial, atencioso com este projeto. Eu acredito que ele assine a Portaria o mais breve possível, porque vejo nele essa determinação íntima”, disse-nos o prefeito numa entrevista que nos concedeu no final do ano.
Essa “obra” dá votos? Não se sabe e acho que isso não é interessante. Mas dá tratamento mais digno e mais humano às centenas de pessoas que vivem sofrendo semanalmente em transportes desconfortáveis e hospedagens não tão acolhedoras para fazerem tratamento de quimioterapia em Teresina. Talvez só quem tenha familiar passando, ou que tenha passado por este drama há de entender a importância da conquista e o nível de realização que deve contemplar o prefeito Florentino Neto, o médico Thiago Almendra e o empresário Mirócles Veras, protagonistas do processo.

“O principal ganho com essa nova Unidade é a melhoria do acesso ao tratamento do câncer. Estamos garantindo acesso a uma população com doença crônica, isso é um ganho em qualidade de vida para a população. O câncer será detectado com maior brevidade, no estágio inicial com grandes chances de cura”, pondera Elizabeth Monteiro, auditora da Secretaria de Estado da Saúde.
A Unacon terá capacidade de atender, mensalmente, 500 consultas especializadas de oncologia, 640 exames de ultrassonografia, 660 endoscopia, 240 colonoscopia e 200 exames de anatomias patológicas. A projeção de atendimento anual é de 650 cirurgias oncológicas e 5.300 procedimentos de quimioterapia.
Fonte: Jornalista Bernado Silva