quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Piauiense morre após ser atingido por hélice de avião em São Luís

O piauiense natural de Campo Maior, Sotero Felipe, de 79 anos, morreu na noite da última terça-feira (26) após ser atingido pela hélice de uma aeronave no Aeroclube de São Luís, no Km 1 da BR-135. Segundo familiares, ele fazia a limpeza de um bimotor quando o acidente aconteceu, por volta das 17h. 
A vítima foi atingida pela hélice da aeronave enquanto colocava um calço no pneu do avião, segundo relatou Alan George do Nascimento, filho da vítima. “Ele foi calçar o avião e pelos cortes tudo indica que ele estava de costa. Ele trabalhava lá desde a década de 70 mais ou menos”, afirmou.
Procurada pelo Cidadeverde.com a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão confirmou que Sotero é piauiense, e completou que o Instituto de Criminalística, que realizou os primeiros procedimentos informou que o trabalhador já morava há vários anos no bairro Santo Antônio em São Luís, e acabou sofrendo um traumatismo craniano grave.
A vítima foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), mas ao resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.


“O piloto desligou o avião, mas a hélice não parou totalmente. O corte foi muito forte e ele chegou a perder massa encefálica. Teve corte no ombro, pulso e até na perna”, relatou.
Procurada, a assessoria de imprensa da Infraero disse que o órgão foi notificado sobre o caso e que uma equipe de investigadores do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) vai até o aeroporto para apurar as causas e classificar o acidente.
Com informações de G1