sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Campanha Não ande na contramão do ambiente, veículos na praia não!

Na tarde do dia 2 de fevereiro, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade- ICMBio, através da Coordenação Regional 5, promoveu uma Reunião Técnica Interinstitucional cujo objetivo foi discutir a problemática do trânsito de veículos nas praias do litoral do Piauí, situadas na Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba.
Um dos principais objetivos da reunião foi nivelar com as instituições envolvidas, um entendimento sobre a legislação e sobre as competências de cada ente no que diz respeito à regulamentação do trânsito de veículos nas praias e definir medidas para coibir essa atividade que ameaça a biodiversidade, a segurança dos banhistas e consequentemente compromete a atividade turística.
A Área de Proteção Ambiental - APA Delta do Parnaíba, unidade de conservação federal de uso sustentável, que dentre outros objetivos de sua criação, prevê o disciplinamento das atividades econômicas desenvolvidas em seu interior e fomento ao turismo sustentável.
“As praias piauienses reúnem particularidades ambientais que favorecem a desova das cinco espécies de tartarugas marinhas, principalmente daquelas criticamente ameaçadas de extinção, que são as tartarugas-de-couro e as tartarugas-de-pente. O transito de veículos nessas áreas destroem os ninhos e compactam a areia dificultando o nascimento dos filhotes”, relata a Bióloga, Werlanne Magalhães, Instituto Tartarugas do Delta.
Mas esta não é apenas uma luta pela sobrevivência das tartarugas! Carro na praia significa perda da paisagem natural, perda de atividades de recreação e lazer, aceleração de processos erosivos e muitos outros aspectos negativos. Essa é uma luta de todos nós! Colabore, respeite, denuncie.
Ascom ICMBio