quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Ônibus da 'Guanabara' tomba no CE e piauiense de Padre Marcos morre

Acidente também matou cearense e deixou 13 feridos; vitima do PI era de Padre Marcos
Um ônibus da empresa Expresso Guanabara tombou na manhã desta quinta-feira (04/02), no município de Campo Sales, a 493 km de Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual do Ceará (PRE-CE) o acidente aconteceu na localidade de Sítio Queimado, às 5 horas, na CE-371 entre as cidades de Campo Sales e Antonina do Norte, na Região do Cariri.
Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), as mortes de duas passageiras foram confirmadas. Elas foram identificadas como Rosilene da Conceição Souza, de 26, natural da cidade de Padre Marcos, no Piauí e Maria de Fátima Jesus Passos, de 46 anos, natural de Campos Sales (CE) e residente do bairro Alto Alegre.
A Polícia apurou com testemunhas que o motorista perdeu o controle do ônibus e tombou na rodovia. O ônibus não atingiu nenhum outro veículo.
Foram para o local ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e um helicóptero da Coordenaria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).


Veículo em perfeitas condições
A Empresa Expresso Guanabara através de nota informou que o acidente envolvendo um de seus veículos ocorreu às 4 horas desta quinta-­feira (4), na CE-371, próximo à localidade de Carmelópolis, em Campos Sales. O ônibus 279 (placa OIJ 5067) fazia a rota Fortaleza/Campo Sales e no momento do acidente contava com 17 passageiros abordo. A empresa confirmou a morte de duas pessoas. Outros 13 passageiros ficaram feridos e foram levados ao hospital de Campos Sales para os primeiros socorros.
A Guanabara, ao tomar ciência do fato, deslocou de imediato equipes das bases de Iguatu e Juazeiro do Norte para prestar assistência às vítimas e seus familiares no local do acidente.
A Guanabara informa que o veículo encontrava­-se em perfeitas condições
mecânicas, tendo passado antes da viagem por manutenção preventiva. O motorista estava em sua primeira jornada de trabalho, após o período regular de folga.
Qualquer suposição sobre a causa do acidente é prematura neste momento. A
Guanabara está no aguardo do laudo da perícia bem como as apurações internas
para concluir sobre o que teria motivado o ocorrido.
A Guanabara ressalta que irá continuar prestando toda assistência às vítimas 
disponibiliza o telefone do SAC 0800­7281992 para atendimento aos familiares.
Fonte: G1 Nordeste