sexta-feira, 11 de março de 2016

PM baleado em invasão a delegacia de Piracuruca está internado no HUT; Assista a reportagem com Darival Júnior

O policial baleado durante invasão da delegacia de Piracuruca na tarde de ontem (10) já foi submetido a cirurgia neurológica e permanece internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Na ação, os criminosos – cerca de 10 homens – invadiram a delegacia da cidade, atiraram no policial que estava descansando e levaram outros dois PMs como reféns, entre eles, o comandante sargento Alves. Antes, os homens assaltaram a agência do Banco do Brasil.
De acordo com uma testemunha, um dos bandidos aparentava estar transtornado e chegou a atirar contra um comparsa. O tiro pegou na virilha. A ação durou cerca de 20 minutos. O diretor-geral do HUT, Gilberto Albuquerque, informou que o suspeito baleado na ação já foi transferido para a enfermaria e que o quadro de saúde dele é estável. Assista o vídeo:
Em coletiva de imprensa no Quartel do Comando Geral o subcomandante de policiamento no interior coronel Antony, descreveu a ação e afirmou que todo o efetivo da região está empenhado nas buscas pelos criminosos.
"Os acusados chegaram na cidade por volta de 14h50 renderam o policial plantonista do hospital que fica no Centro da Cidade e foram ao GPM onde funciona a delegacia e lá renderam os outros policiais. Um dos bandidos bastante alterado disparava a todo momento e esse indivíduo chegou a acertar um dos seus parceiros e um policial na cabeça", contou o coronel.
A fuga foi em direção a Batalha, mas os policiais foram soltos na estrada. O carro do comandante do grupamento foi levado e acabou queimado, os outros dois veículos foram abandonados na estrada.
Durante a ação, moradores chegaram a relatar que os bandidos atiraram em várias direções e os comerciantes fecharam as portas com todos os clientes escondidos dentro das lojas.
Ao sair da cidade, os bandidos ostentavam as armas para fora dos veículos e disparavam para o alto intimidando os moradores da região. 
Cidadeverde.com