quinta-feira, 10 de março de 2016

Terror em Piracuruca: Assalto a banco, policial baleado na cabeça, carro incendiado, tiros para todo lado

Na tarde desta quinta-feira (10/03), tudo parecia tranquilo até o terror iniciar às 14:40h, cerca de dez elementos fortemente armados fizeram o comandante da PM e toda tropa de plantão na delegacia de refém, deram um tiro na cabeça de um policial, saíram pelas ruas da cidade disparando armas de fogo, assaltaram o Banco do Brasil e todos os clientes que estavam no interior da agência e por fim incendiaram um dos veículos utilizados na fuga, este é um breve resumo do que aconteceu em apenas 1 hora no município de Piracuruca.
Por volta das 14:30h o comandante da PM de Piracuruca foi rendido em uma oficina de veículos por cerca de 8 homens fortemente armados, o sargento F. Alves havia levado seu carro, um Gran Siena prata, para uma revisão, no momento em que foi abordado e colocaram em seu veículo e saíram em direção a delegacia, os demais foram em um vermelho.
Ao chegar em frente a delegacia os elementos colocaram o sargento na frente e gritaram para a equipe de policiais que estavam de plantão na unidade para se desfazerem das armas e joga-las ao chãos, o policial civil Ivo fez o que pediram e os elementos entraram, ao revistar os cômodas se deparam com dois policiais militares no dormitório, um começaram a disparar um dos tiros acertou a cabeça do soldado Thiago, mais conhecido como "Baiano", o outros PM Juscelino foi rendido e levado de refém juntamente com o sargento F. Alves.
Os dez elementos agora seguros que haviam desarticulado a força policial, se dirigiram ao Banco do Brasil, durante o percurso saíram disparando as armas para amedrontar a população, comerciantes e moradores fecharam seus estabelecimentos, quando chegaram na frente do banco, começaram a descarregar a munição, entraram na agência e mandaram todos se deitarem no chão, lá fizeram um verdadeiro arrastão no dinheiro dos caixas, renderam também empresários que estavam com malotes de dinheiro para depositar.
Em um momento durante a ação criminosa um dos assaltantes desconheceu um dos comparsas e disparou a arma contra o companheiro, logo avistaram uma farmácia em frente e pegaram gases e medicamentos para tentar estancar o ferimento.
Ao sair do banco os elementos empurram um cliente em cima dos destroços de um porta de vidro e tomaram a chave de seu carro, uma pickup saveiro que foi utilizada pelos assaltantes no momento da fuga, saíram em direção a estrada que liga ao município de Batalha.
Minutos depois a PRF, Força Tática, grupamento da PM de Piripiri chegou ao município e saíram em busca de pistas que levassem ao paradeiro dos elementos, logo o sargento F. Alves e o policial Juscelino que foram levados como reféns pelos bandidos, conseguiram comunicar a equipe onde eles haviam sido deixados, na estrada PI-110 que liga ao município de Batalha, próximo a subestação de energia.
As autoridades ao chegarem no local se deparam com os veículos utilizados na fuga, um deles havia sido incendiado pois souberam que era rastreado, além de abandonar também um fuzil utilizado na ação criminosa.
O policial militar Thiago, que foi baleado durante a abordagem na delegacia, foi encaminhado imediatamente para o Pronto Socorro, onde foi realizado um raio-x para verificar os danos que o projétil causou, a bala entrou pela região da testa e saiu pela parte superior da cabeça, pela imagem do exame pode-se constatar fragmentos da bala alojados na cabeça do PM, foi estabilizado e encaminhado para o HUT em Teresina.
Os PMs que foram utilizados como reféns pelos bandidos estão em diligência para tentar identificar os assaltantes.
Não foi divulgado o valor que foi levado da agência, mas segundo relatos eram vários sacos de dinheiro.
Fonte:Piracuruca ao Vivo