domingo, 3 de abril de 2016

Acusado de roubo é preso e confessa ao delegado ter estuprado a vítima

Com ajuda de um mototaxista, Léo roubou a moto e estuprou uma garota de 18 anos em Parnaíba.
Léo teria pago a conta do bar de uma vítima para roubar sua moto, dizendo que era policial federal. Francisco Elandro Silva Gomes, 26 anos, natural de Fortaleza-CE, que estava residindo em uma pousada em Parnaíba, foi preso na última sexta-feira(1º), juntamente com seu comparsa identificado como sendo o mototaxista Antonio Edson de Sousa, residente próximo ao aeroporto no bairro Floriopolis em Parnaíba. 
Mototaxista Antonio Edson, que atuava em frente ao bar da Boa, guardava o roubo e indicava às vitimas para Léo. 
Léo estava bebendo como de costume no lugar conhecido como 'bar da Boa", localizado no bairro Ceará, em Parnaíba, quando por volta das 23hs do dia 31 de março, chegou para um rapaz que se fazia presente e bebia sozinho naquele bar, lhe pedindo uma carona que pagaria a despesa da mesa, pois segundo ele, tinha bebido muito e não aguentava pilotar. 
ROUBO DE MOTO NO BAR DA BOA
Desconfiado, o homem saiu do bar, montou na sua moto para ir embora, ocasião que Léo apareceu de repente, sentando bruscamente na garupa, dizendo que era um 'policial federal' e neste momento assumiu o controle da moto, levando a vítima consigo e na altura do semáforo da Guarita, nas proximidades do armazém Nordeste, a vítima recebeu a ordem de assalto através de uma arma de fogo, tendo seus pertences e a moto levada por Léo. 
ROUBO DA MOTO E O ESTUPRO. 
Por volta das 06hs do dia 06 de Março do corrente ano, uma garota de 18 anos com as iniciais G.M.C, foi abordada por Léo na rua Rodrigo Coimbra, bairro Rodoviária, próximo à uma residência que reside 3 garotas conhecidas da dupla. 
                                         Moto da vítima do estupro.
Léo parou a jovem que pilotava uma moto Crypton de placa OUC 0234, e sentou na garupa do veículo dando a ordem de assalto encostando nas costas da vítima seu boné, como se fosse o revólver. Nessa altura, o mototaxista Antonio Edson dava a cobertura, sendo também o responsável de ter indicado a menina para Léo praticar o roubo, pois sempre lhe via constantemente em companhia das 3 garotas. 
A vítima foi levada para esta casa mencionada, tendo as mãos amarradas e estuprada. Léo teria penetrado na jovem duas vezes como a tara de um animal selvagem. 
DAS PRISÕES
Léo foi preso pro volta das 11hs de sexta-feira, onde confessou o assalto contra um cliente do bar da Boa no balão da Guarita, ocorrido às 23hs de quinta-feira(31). Ele delatou a policia que a moto estava escondida na casa de Antonio Edson no bairro Floriopólis. A policia chegou no endereço e encontrou as motos roubadas, incluindo a moto Crypton da vítima do estupro, 
A policia ainda encontrou várias peças, como se o lugar fosse um desmanche de motos. Veja fotos das apreensões. 
                   Motos apreendidas pela policia em posse de Antonio Edson
O delegado Eduardo Aquino, despachou uma fiança no valor de R$ 8.800 reais para o caso de crime de receptação praticado pelo mototaxista Antonio Edson. Embora pague a fiança, o acusado não terá direito a liberdade pelo fato de ter sido indiciado com uma participação 'menor' no crime do estupro. 
Fonte: Portal do Catita