quinta-feira, 28 de abril de 2016

Pai é preso acusado de estuprar três filhas em Castelo do Piauí. VEJA O VÍDEO

A Polícia Civil e Militar deflagrou a operação "Meninas de Castelo" com o objetivo de prender suspeitos de estupro na cidade. A ação policial faz alusão ao estupro coletivo que ocorreu no município no ano passado e comoveu todo o país. Na época, quatro rapazes - na faixa etária de 15 a 17 anos e que permanecem internados cumprindo pena- foram apontados como autores da violência sexual contra quatro adolescentes, sendo que uma morreu em decorrência da agressão física. Assista o vídeo:
Na operação deflagrada ontem (27), duas pessoas foram presas. O primeiro foi identificado como Francisco Ivanildo Ferreira, 29 anos, suspeito de violentar sexualmente uma mulher no último dia 25. Ele é residente em São Miguel do Tapuio, mas estava em Castelo do Piauí. 
"Ele forçou uma jovem a ter relações sexuais. A vítima está muito fragilidade, muito machucada e já reconheceu o agressor, que confessou o crime. A mulher foi socorrida por populares completamente despida e em estado de choque após resistir às investidas e ser ameaçada com uma faca. A vítima encontra-se no hospital do município", disse o delegado Renato Pinheiro. 
Já José Lopes da Silva, 39 anos, foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária. Ele é acusado de estuprar as próprias filhas com idade de 4, 8 e 13 anos.
“Foram dois anos estuprando as filhas. A criança de quatro anos ainda morava com o José Lopes e as meninas de 8 e 13 anos foram morar com uma tia após os abusos. Antes de morrer, a mãe delas disse que não queria ver as filhas morando com o pai e que não tinha mais forças para reagir. É uma situação brutal que choca a todos nós. Com o trabalho da nossa equipe integrada à Polícia Militar, vamos fazer Castelo voltar a ser uma cidade de paz”, concluiu.
Fonte: Cidade Verde