sábado, 23 de abril de 2016

PI: Agente penitenciário sofre infarto e após enterro, bandidos fazem arrastão em sua casa

O agente penitenciário Hugo Pereira da Fonseca, sofreu um infarto fulminante e veio a óbito na última quinta-feira (21) em Floriano, município a 249 km de Teresina. Sua morte seria lembrada como uma fatalidade, não fosse o crime que se desenrolou após o enterro de Hugo no município de Landri Sales onde nasceu. Após o enterro, bandidos arrombaram a residência onde morava em Floriano e levaram todos os pertences do agente, objetos, eletrodomésticos, botijão de gás e até comida que havia no local, que ficou totalmente revirado.
 De acordo com o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, José Roberto, Hugo era bastante conhecido na região e morava sozinho em Floriano, quando souberam de sa morte, bandidos da própria cidade, aproveitaram que o imóvel ficou fechado para realizar o arrastão. "Como o corpo foi levado para Landri Sales eles perceberam que o imóvel ficou fechado esses bandidos foram lá e fizeram o rapa", pontuou.
Hugo foi agente penitenciário por mais de 36 anos e para o Sinpoljuspi era um funcionário exemplar. "Ele nunca esteve envolvido em nenhum escândalo profissional e sempre foi exemplar. Uma pessoa muito boa", completou o presidente.
O caso do arrombamento e furto da casa de Hugo foi denunciado à Polícia Militar e levado à Polícia Civil que cuidará da investigação.
cidadeverde.com