sábado, 23 de abril de 2016

PI: Condutor confessa ter comprado CNH por R$ 1 mil ao ser preso pela PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu nesta sexta-feira(22), duas pessoas portando documentos falsos na região Norte do Estado. Um deles confessou ter comprado a carteira de habilitação por R$ 1 mil em Teresina. 
O homem foi preso em Parnaíba, no km 33 da BR-343, no início da noite de ontem(23). Ele conduzia uma Saveiro de placa OJG-5524. Ao apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), os policiais desconfiaram de que ela seria falsa. 
Ao ser interrogado pelos policiais, o homem de iniciais M.R.F.S., 41 anos, confessou ter comprado o documento há dois anos em Teresina no valor de R$ 1 mil. 
Outra apreensão
Ainda na tarde desta sexta-feira (22), no Km 189 da BR 343, em Piripiri/PI, policiais rodoviários federais prenderam J. A. S., 58 anos, que conduzia o veículo Fiat Uno de placas MIV-1528, apresentando CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) falso. 
Durante a abordagem, os policiais suspeitaram de alguns itens de segurança contra fraudes que existem no CRLV e realizaram uma consulta mais detalhada, identificando que o documento era falso.
Os indivíduos foram presos por suposto cometimento do crime de uso de documento falso, previsto no artigo 304 do Código Penal Brasileiro, e as ocorrências encaminhadas à polícia judiciária. 

A PRF adverte que as pessoas devem procurar a polícia para denunciar, caso recebam ofertas de documentos emitidos sem as exigências legais, pois as vantagens/facilidades oferecidas muitas vezes acobertam um golpe. 
E alerta ainda que a CNH e o CRLV têm uma série de itens de segurança contra fraudes, que são identificados durante a fiscalização e a pessoa pode ser presa e vir a responder pelo crime, cuja pena, pode chegar a seis anos de reclusão. 
cidadeverde.com