sábado, 2 de abril de 2016

Policial Militar do Piauí, esposa e filho morrem em grave acidente na Bahia

Amigos e familiares estão reunidos na manhã deste sábado (2) na Paróquia Militar de São Sebastião para o velório do soldado da Polícia Militar do Piauí, Clemilton Neves, 39 anos, morto em um acidente automobilístico em Formosa (BA), na madrugada desta sexta-feira (1º). No acidente morreram ainda a esposa do policial e um de seus filhos, um menino de apenas um ano e três meses. O casal deixa duas filhas, de 16 e 17 anos. 
O subcomandante do BOPE no Piauí, major Jacks Galvão, acredita que o soldado tinha um futuro promissor na polícia. "Ele era um excelente profissional, foi uma grande perda para a PM, porque ele tinha uma carreira muito sólida e estava em uma nova missão", disse. 
"Ele era um policial amigo e dedicado, não há palavras quando temos uma perda como essa. Os colegas estão transtornados, porque são uma equipe muito unida. É muito difícil", lamentou a coronel Júlia Beatriz, comandante de gerenciamento de crises da PM/PI. 
O comandante geral da PM/PI, coronel Carlos Augusto Gomes, declarou que o soldado era como um membro da família. "É um membro da nossa família e esse é um momento de muita dor para todos nós da PM. É uma tragédia ver um policial partir dessa forma abrupta", declarou o comandante. 

Acidente
O policial, que estava de licença - ele servia a Força Nacional em Brasília -, vinha com a família da capital federal para Teresina, onde esposa e filhos ainda moravam.
Em uma das estradas da cidade de Formosa (BA), um carro que seguia na direção contrária tentou realizar uma ultrapassagem, invadiu a contramão e colidiu frontalmente com o veículo onde o policial estava com sua família. Clemilton conduzia o carro. Os três morreram na hora. Não há ainda informações sobre vítimas do outro veículo. 
O sepultamento dos três corpos acontecerá às 16h de hoje, no Cemitério do Renascença. 
Clemilton era policial militar do Piauí desde o ano 2000 e fazia parte da tropa de elite do BOPE no Piauí. Em fevereiro deste ano, começou a servir a Força Nacional, em Brasília. 
Cidadeverde.com