terça-feira, 17 de maio de 2016

Agespisa é condenada por fornecer água imprópria ao consumo humano

(Imagem ilustrativa)
A Agespisa foi condenada a pagar uma multa de R$ 350 mil por danos à população, além de ser obrigada a fornecer água de qualidade para o município de São Raimundo Nonato, situado no sul do Piauí, a 530 km de Teresina. A água na cidade tem a coloração alaranjada.
O juiz Igor Rafael Carvalho de Alencar considerou procedente os pedidos do MP-PI de que a água fornecida na cidade era imprópria ao consumo humano. A Agespisa realizava o fornecimento através do sistema adutor da Serra Branca, que é inadequado ao abastecimento de acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA).
Se a empresa descumprir a decisão terá que pagar multa de R$ 50 mil por dia de fornecimento de água de baixa qualidade.
A cidade de São Raimundo Nonato também é abastecida pela adutora do Garrincho. Entretanto, em nota divulgada nesta terça-feira(17/05), a Agespisa informou que houve suspensão de fornecimento de água para o município através desse sistema por problemas de interligação da bomba de captação, na Barragem Petrônio Portela.
Fonte: 180Graus