domingo, 8 de maio de 2016

Justiça autoriza saída temporária para 215 presos no Piauí

O benefício de saída temporária cedido a detentos do sistema prisional foi autorizado para 215 presos do Estado do Piauí, por conta do feriado do Dia das Mães. Os presos que puderam sair para comemorar a data junto com a família são os que cumprem pena no regime semiaberto, da penitenciária agrícola Major César de Oliveira.
Segundo o diretor jurídico do sindicato dos agentes penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Vilobaldo Carvalho, “a ideia é de filosofia da própria lei de execução penal no sentido de haver uma maior aproximação desse preso com a sua família e a sociedade, uma relação na confiança com a Justiça e ele vai provar a partir de uma saída dessa que ele não tem interesse em voltar a cometer algo errado. É um processo de reintegração dentro da sociedade que ocorre de forma paulatina e a saída de certa forma aponta neste sentido”.
Para receber a vantagem, os apenados devem ter cumprido pelo menos um sexto da pena e deve ter um comportamento adequado dentro da unidade prisional. No período em que estiverem fora da prisão, eles não podem ingerir bebida alcoólica, frequentar bares ou festas, portar armas e não podem ficar na rua após as 20h.
Os presos devem retornar até segunda-feira (09), caso não volte é considerado foragido e passa de regime aberto para regime fechado, quando recapturado: “Ele mesmo tem que se apresentar naquele prazo pré-determinado, se ultrapassar já poderá ser considerado como foragido”, explicou o diretor administrativo do Sinpoljuspi, Kleiton Holanda.
GP1