sexta-feira, 6 de maio de 2016

Policia Civil investiga homem que emprestou moto usada no assalto e morte de frentista em Parnaíba

Uma equipe de policiais civis da delegacia regional de Parnaíba composta por Robinson Castilho e Paulo Cesar, prendeu nesta quinta-feira (05), mais um envolvido no crime de latrocínio de um funcionário da Santos Indústria que trabalhava no Posto Atalaia, fato ocorrido no dia 16 de março do corrente ano quando a vítima foi perseguida, assaltada e morta dentro da loja Mesquita Variedades no centro comercial de Parnaíba. O sujeito prestou depoimento ao delegado Igor Gadelha e confessou que a moto utilizada no assalto era de sua propriedade, e tinha emprestado a outra pessoa para realização do assalto. Após depoimento, o mesmo foi liberado da detenção por falta de mandado de prisão. Uma moto nova foi apreendida que teria sido comprada com o dinheiro do roubo. A polícia ainda não conseguiu localizar os executores do crime e as investigações continuam até o momento. Várias pessoas estão presas acusadas de envolvimento no crime que abalou segmentos da população de Parnaíba.
Portal do Catita