segunda-feira, 20 de junho de 2016

Agentes de Polícia Civil param as atividades e reivindicam melhoria salarial

Os agentes de Polícia Civil reduziram significativamente a força de trabalho por conta da paralisação iniciada nesta segunda (20/06) e segue até a quarta-feira (22/06). Na Central de Flagrantes serão atendidos somente os flagrante como estupro de vulnerável, assassinatos ou crimes hediondos.
O motivo da paralisação de advertência está na investida de assegurar a esta categoria, a equiparação salarial de 60% da remuneração de um delegado. Os agentes de Polícia Civil entendem que há disparidade de remuneração entre as duas classes.
Por Daniel Santos