quinta-feira, 2 de junho de 2016

Ex-metalúrgico e deficiente visual vai conduzir a tocha olímpica, em Parnaíba

Raimundo Nonato Galeno umas das pessoas escolhidas para conduzir a Tocha Olímpica, durante sua passagem na próxima quinta-feira (09/06) por Parnaíba. Raimundo Galeno, 61 anos, é cego, anda de bicicleta e faz corridas com frequência. Disse que teve dificuldades com a saúde e por pouco não morreu.
A motivação que o leva a seguir em frente é a atividade física. Seu fiel companheiro, o João, é quem o acompanha nos trajetos e acabou também adquirindo o pique e gosto pela atividade física. Diante das dificuldades e limitações quanto à visão, brincou com o amigo e afirmou que até hoje nunca caíram (risos) em suas corridas.
Galeno disse que o medo é o maior inimigo das pessoas. Sua cegueira não é um freio, mas uma mola que o impulsiona para seguir em frente. Sobre sua participação no evento mundial que vem seguindo pela Brasil, disse que a Tocha Olímpica, para ele, representa a união dos povos e os valores humanos.
Por Daniel Santos e Leonardo Marques
Portalcostanorte