terça-feira, 28 de junho de 2016

Quadrilha assalta Banco do Brasil e leva subgerente como refém no PI

                Veiculo usado pelos bandidos durante a fuga foi queimado
Assim que a agência do Banco do Brasil da cidade de Amarante foi aberta, na manhã desta terça-feira (28), uma quadrilha composta por seis homens entraram no local vestidos de policiais civis e anunciaram assalto, fazendo duas pessoas de reféns.
Segundo uma das pessoas que estava no banco na hora do crime, eles levaram pessoas como refém por conta da tentativa de assalto frustrada. "Eles estavam procurando o gerente para poder abrir o cofre, mas como ele não estava porque tinha saído para aferir a pressão, levaram duas pessoas como refém", contou.
Ainda de acordo com informações da vítima, a quadrilha estava armada com metralhadoras e escopetas. "Eles levaram os coletes e as armas dos seguranças do banco", complementou.

O subgerente Fredson e o vigilante Jonas, conhecido como "Barroso", foram levados pelos bandidos, mas conforme o capitão Queiroz, foram deixados na estrada. “Felizmente eles foram liberados ilesos na saída de Amarante rumo a cidade de Floriano, na BR 343”, afirmou.
A Força Tática de Água Branca, com reforço da polícia de Regeneração seguiu em perseguição ao grupo, sob o comando do major Lacerda. Os homens saíram em fuga em dois carros, um Classic Preto e um Eco Sport, encontrado queimado logo em seguida. Segundo informações de terceiros, eles fugiram em um outro carro modelo S10.
A polícia afirma que os criminosos não conseguiram abrir o cofre porque o mesmo estava programado, porém, uma quantia em dinheiro foi levada e, só saberão o valor preciso após a verificação do gerente.
FONTE: GP1