sexta-feira, 24 de junho de 2016

Universitária é presa suspeita de furtar celular de escrivã dentro de delegacia no PI

A estudante de Educação Física, Kaline Cristina Pereira, 32 anos, foi presa na manhã desta sexta-feira (24) com a suspeita de furtar o celular de uma escrivã dentro da sede da Polinter, localizada no bairro Dirceu, na zona Sudeste. 
Mas o plano da estudante não deu certo porque o celular da escrivã, um Iphone 6 avaliado em R$4 mil, tinha rastreador. Por meio do aplicativo de busca, a polícia conseguiu rastrear o aparelho e o encontrou no bairro Parque Piauí, na zona Sul da capital, junto com Kaline. 
De acordo com informações de policiais da Polinter, a universitária foi à delegacia especializada resolver o problema de um veículo roubado. Ela teria aproveitado um momento de distração da escrivã para cometer o furto. 
Kaline Cristina Pereira foi autuada na Central de Flagrantes e vai responder por furto. 
cidadeverde.com