terça-feira, 26 de julho de 2016

Município de Luis Correia faz 78 anos, sem nada pra comemorar

Lama e fedentina nas ruas já não é novidade
O que se ouve em uma só voz em Luis Correia é que a cidade chegou aos 78 anos sem ter o que comemorar por conta do descaso que enfrenta nos setores da Educação, Saúde e Infraestrutura. Os altos níveis de insegurança dão o tom do desencanto da população. Os assaltos, roubos e furtos diários fazem com que as pessoas pensem até em deixar o município com o sentimento de revolta. Se ao menos a guarda municipal tivesse sido criada...
         Em Luis Correia a iluminação publica só funciona durante o dia
Por conta disso, Luis Correia se tornou uma cidade sem nenhum planejamento, diante do desastre administrativo que se encontra na gestão municipal. Não obstante, a saúde precária do município, os cidadão ainda convivem  com a falta de iluminação publica nas ruas.
          Ruas esburacadas vem causando sérios problemas aos moradores
Todavia não pensem que o descontentamento é apenas por parte da população mais carente que depende diretamente dos serviços públicos municipal. Os comerciantes também reclamam do descaso que assola a cidade.
Posto de saúde caindo aos pedaços
Comemorações? Sim, existe algo a comemorar, o tempo! Este nunca para, e quando menos esperarmos 2016 já acabou. Com fé em Deus! Os buracos tomam conta das ruas, nas unidades de saúde os profissionais não têm boas condições de trabalho e os pacientes ficam ao Deus dará. Se formos enumerar as mazelas de Luis Correia a lista é grande.
Galões de água deixada por um carro pipa após 15 dias de espera
Uma das mazelas que assolam a cidade de Luis Correia é a falta d’água em diversos locais. Recebi denúncias de moradores do povoado Carapebas, o local falta água e o carro pipa só passa de 15 em 15 dias. Até hoje a prefeitura não resolveu a situação e os moradores estão sofrendo com isso. A falta d’água tem sido frequente em diversos locais na cidade, coisa que tem tirado o sono dos moradores.
Cemitérios abandonados
Não diria que Luis Correia não tem história, tem história e histórias que precisam ser urgentemente resgatadas e escritas para que não sejam levadas para o túmulo daqueles que a conservam. Alguns me dirão que sou cético ou oposicionista, que não quero ver o lado bom, a gestão municipal fez muitas coisas boas, sim concordo, fez nomeações de dezenas de apaniguados políticos, enquanto muitos dos nossos jovens acabam por procurar emprego em outras cidades por não os terem aqui.
Dar vergonha saber que há poucos anos atrás tínhamos do que nos orgulhar, e hoje, o que temos? Apenas escolas caindo aos pedaços, postos de saúde sem estrutura, avenidas tomadas por animais e ruas cheias de lixo. 
Saúde e educação eram outras, hoje, a cidade padece uma saúde precária onde o hospital só existe como casa de presépio, onde o que ainda funciona é as poucas ambulâncias para transportar doentes para Parnaíba e completar o estado de superlotação do Hospital Estadual Dirceu Arco Verde(HEDA). Nada contra essa cidade, apenas para registrar a vergonha que é hoje a saúde pública de Luis Correia.
Atualmente, a angústia da população é grande, cobrando mais investimentos em saúde pública. “Luis Correia precisa de unidades de saúde que possam atender a população com dignidade e respeito”, Disse um morador. 
A reportagem foi até o Bairro centro e ouviu os cidadãos falarem principalmente das condições das ruas. “Têm dias que não dá sequer pra abrir a boca por aqui. É moscas, urubus e o fedor de lixo, que vão deixando pela beira da rua e nunca recolhem direito”, reclama outro morador. 
Para a atual administração da cidade, ficam as cobranças dos quase 30 mil habitantes, que não encontram motivos para festejar aniversário, levando em conta as poucas perspectivas com a gestão municipal, que três anos e meio depois da posse se limita a pequenos serviços de limpeza de ruas lá uma vez, sem se preocupar com a solução dos problemas realmente sérios.
    (Folha de Parnaíba)