sexta-feira, 8 de julho de 2016

Polícia Civil do Rio de Janeiro indicia irmão do goleiro Bruno pelo sequestro de Eliza Samudio

Rodrigo Fernandes das Dores Souza, irmão do goleiro Bruno, foi indiciado, nesta quinta-feira (7), pela Polícia Civil do Rio de Janeiro por sequestro e tentativa de aborto de Eliza Samudio, ex-amante do jogador. A denúncia partiu da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá.
Segundo o G1, um inquérito complementar foi aberto para continuar a investigação e identificar se ele foi coautor dos crimes sofridos pela vítima. O ex-goleiro do Flamengo e Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, estão presos e foram indiciados no caso. Rodrigo, segundo as investigações da polícia, também teria participado dos crimes. 
Durante entrevista coletiva realizada, na última segunda-feira (04), o delegado geral Riedel Batista disse que durante depoimento, Rodrigo Fernandes contou de possíveis locais onde poderiam estar os restos mortais de Eliza, desaparecida em junho de 2010.
“Foi pego o depoimento dele, onde ele revelou várias situações e falou de pessoas que poderiam ter envolvimento na morte de Eliza Samúdio. Ele falou também de possíveis locais de encontro dos restos mortais dela”, disse Riedel.

No mesmo dia, a Deam deu mais detalhes do depoimento de Rodrigo à polícia do Piauí, afirmando que ele participou do primeiro sequestro de Eliza Samudio e também da morte e ocultação do cadáver da jovem.
Prisão
Rodrigo está preso desde setembro de 2015 acusado de estupro. Ele já havia sido preso outras duas vezes, em julho de 2010, ele foi preso em Campo Maior acusado dos crimes de cárcere privado e tentativa de estupro.
Três anos depois, em setembro de 2013, Rodrigo foi preso no bairro Alto da Ressurreição, zona sudeste de Teresina, acusado de estuprar uma garota de 18 anos. Nesse caso, a vítima relatou à polícia, que o acusado fazia questão de dizer que era irmão de Bruno e que iria levá-la até a casa do gerente do Comercial Carvalho para que ele pudesse conseguir um emprego para ela.
Fonte:GP1