quarta-feira, 6 de julho de 2016

Preso da penitenciária de Parnaíba divulga fotos usando drogas dentro do presídio

Alguns detentos da Penitenciária Mista de Parnaíba continuam repercutindo fotos tiradas de aparelhos celulares de dentro do presídio. Inclusive vazou um áudio em que um dos apenados afirma que na cadeia nenhum celular é perdido e que dão jeito para tudo. Esta afirmativa se deve a um celular ter sido improvisado com peças diferentes, mas que funcionam. Inclusive com uma bateria de tablet par aumentar a durabilidade da energia. Ainda há fotos supostamente de consumo de drogas na interna do presídio, além de uma nota de dólar.
As fotos do preso, que está com a identidade sigilada, estão circulando nas redes sociais e mostram o cotidiano do presidiário. A situação é recorrente na Penitenciária de Parnaíba. Em agosto de 2015 vazaram imagens de detentos em festa diante de um presidiário fumando drogas e perdendo a orientação dos sentidos. No mês passado outro preso, Felipe Gomes Marques, supostamente atualizou as redes sociais de dentro do presídio. A diretoria do presídio informou que se tratava de outra pessoa que estava fazendo.
A juíza Ivani de Vasconcelos, da Vara de Execuções Penais da Comarca de Parnaíba, informou que será solicitada ao Ministério Público que seja realizada uma sindicância para saber se há funcionários que estejam colaborando com os detentos. O diretor do presídio Fernando Caldas, disse que são feitas vistorias frequentes em horários alternados e citou que a penitenciária tem uma estrutura muito fragilizada. Ressaltou que espera que cheguem a Parnaíba, pela Secretaria de Estado da Justiça, os mesmos equipamentos da capital, que dispõem de raio X e detector de metais. A penitenciária mista Juiz Fontes Ibiapina foi construída na década de 90 cuja estrutura era de um mercado e foi adaptada para comportar 176 presos. Hoje são 459 reclusos.
Por Daniel Santos
P/C/N