quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Ataque a carro da Força Nacional no RJ fere soldado do PI

Um dos policiais foi atingido na cabeça; PM piauiense teria sido socorrido por um taxista
Uma equipe da Força Nacional foi alvejada por traficantes no Rio de Janeiro na tarde desta quarta-feira (10/08), enquanto faziam a segurança das Olimpíadas. O fato ocorreu na Avenida Brasil, nos arredores da Favela Vila do João, no Complexo da Maré, zona norte do Rio. Um soldado do Piauí fazia parte da equipe atacada.
"Ainda não podemos informar o nome do soldado piauiense, pois não temos completo. Como há policiais com o mesmo nome, não queremos deixar famílias preocupadas", afirmou o major Jhon Feitosa.
Segundo Feitosa, a assessoria ainda não enviou as informações oficiais sobre o que ocorreu exatamente, mas confirma ter recebido a notícia de que o policial está fora de perigo.
"Não sabemos o que houve, mas se ele foi atingido, foi apenas por estilhaços. Não houve ferimento grave. Ainda é preciso confirmar", declarou.
Segundo sites nacionais noticiaram, o nome dos soldados que estavam na viatura são: Hélio Andrade, que foi atingido na cabeça e levado para o Hospital Salgado Filho; capitão Alen Marcos Rodrigues e Rafael Pereira, que conseguiu fugir do local no logo após o ataque.
Informações extraoficiais repassadas em grupos nas redes sociais entre policiais, no Piauí, apontam que o Soldado Rafael Pereira seria o piauiense do grupo, que atua na cavalaria. De acordo com o portal G1, Rafael foi socorrido por um taxista e levado para o hospital.
A Polícia Militar e a Secretaria de Estado de Segurança do Rio ainda não se pronunciaram sobre o ocorrido.
Fonte: G1