sábado, 13 de agosto de 2016

Buritienses presos em Cocal são suspeitos de arrombarem e furtarem pertences de carro de músico

O cantor cocalense e proprietário do conjunto musical Hozyel e Forró Pesado teve o seu carro Chevrolet Zafira, ano/modelo 2001, de cor preta, arrombado e alguns pertences subtraídos nessa quinta-feira (11/08), durante a primeira noite de comemorações festivas em praça pública alusivas aos festejos de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, padroeira de Cocal.
Segundo informações da vitima, o veículo estava estacionado nos arredores da Praça Camila Silva e o fato só foi descoberto após o termino da festa, momento em que retornou ao carro para voltar para casa e encontrou o mesmo aberto e danificado em algumas partes de seu interior.
"Quando cheguei onde estava meu carro notei que a porta do lado do motorista estava aberta. Eles danificaram o painel todo, acredito eu, na tentativa de roubar o CD player ou fazer uma ligação direta para saírem nele. Mas ainda bem que só levaram uma caixa térmica, contendo três garrafas lacradas de uísque, água de coco e algumas frutas" disse.
Ao procurar a Delegacia de Policia Civil de Cocal para denunciar o caso, Hoziel acabou dando de cara com a sua caixa térmica, que foi encontrada pela policia militar dentro de um carro ocupado por quatro rapazes presos horas antes, sob acusação de assalto. A policia imputou o referido crime ao bando que agora vai responder por mais uma acusação, a de furto qualificado.

Vale ressaltar que o quarteto e a dupla (clique aqui e reveja) capturada pela policia por crimes cometidos na primeira noite das comemorações dos festejos de Cocal vieram ao município no mesmo veiculo, um carro Prisma, de cor prata, de propriedade de Alexsandro de Melo. 
Alexsandro iria ser liberado para responder as acusações de danos e ameaça em liberdade após a confecção de um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência); fato esse que tomou outro rumo após a Delegada Daniella Dinali tomar conhecimento do vinculo entre os suspeitos. Contra Alexsandro agora também foi atribuída à participação no assalto realizado por seus companheiros, pelo fato dele ter emprestado o veiculo.
Dos seis presos, dois já foram liberados; o adolescente e Francisco Raimundo de Meneses Silva, conhecido popularmente como "Magnata", de 27 anos. Os outros quatro continuam encarcerados no distrito policial a disposição da justiça.
Fonte: Blog do Coveiro