segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Criança é resgatada pela PM após denúncias de maus tratos pela própria mãe, em Parnaíba

Uma criança de um ano e meio, que estava sendo vítima de maus tratos, foi resgatada por Policiais Militares na cidade de Parnaíba, litoral do Estado, na tarde deste domingo (31/07). Denúncias de vizinhos levaram os policiais até a residência localizada no Conjunto Raul Bacelar, onde encontraram a menina com diversos hematomas pelo corpo.
A ação foi coordenada pelo GAECIM (Grupamento de Atendimento Especializado à Criança, ao Idoso e à Mulher), do 2º Batalhão da Polícia Militar.
Detida, a mulher foi levada para a Central de Flagrantes, mas acabou sendo liberada após registrado um Termo Circunstanciado do Ocorrência. Segundo vizinhos, a mulher estaria usando um cabo de vassoura para agredir a filha.
Segundo o Coronel Adriano Lucena, comandante do 2º Batalhão, os hematomas visíveis no corpo da criança deixam claro que as agressões ocorriam a pelo menos algumas semanas. “Mas somente o laudo do exame de corpo de delito poderá confirmar sobre a questão temporal das agressões.
Apreendida, a criança foi encaminhada para o Conselho Tutelar de Parnaíba, que decidirá sobre os cuidados da pequena.
- Soldada Naira, membro do Gaecim, com a criança resgatada pelos policiais
Sobre o GAECIM
Formado pelos próprios policiais, o GAECIM atua também de forma preventiva com visitas a residências com visitas, principalmente às mulheres que são acolhidas por medidas de proteção determinadas pela justiça.
Composto por três policiais, sendo uma mulher, o grupo recebe capacitação adequada e segue protocolos de atendimentos especiais para integrar melhor as equipes multidisciplinares envolvidas no atendimento das ocorrências e dessa forma agilizar o atendimento das vítimas.
Fonte: 180 graus