sábado, 6 de agosto de 2016

PI: Empresário é preso usando ímã que desvia 100% da energia elétrica em restaurante

                          Ímã de neodímio desvia 100% de energia
Um operação realizada entre o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e a Eletrobras Piauí resultou na prisão do proprietário de uma rede de restaurantes em Teresina. Humberto Marques Castelo Branco foi preso na noite de sábado (06) , por volta das 21h, na unidade da Avenida Vilmary, na zona Leste, por furto e fraude de energia elétrica. 
O chefe do setor patrimonial da Eletrobras, Carlos Petrônio, informou ao Cidadeverde.com, que o empresário utilizava um ímã de neodímio instalado na casa de força do restaurante, que fraudava 100% da energia elétrica. 
“Esse ímã é comprado fora do Piauí. Os fraudadores usam com um cano de PVC e instalam na parte de trás do medidor e desviam toda energia”, detalha Carlos Petrônio. 
A operação de combate ao furto e fraude energia já prendeu seis empresários no Piauí. Todos utilizavam ímã igual ao encontrado no restaurante Casarão. “Três prisões foram feitas em Floriano, duas em Teresina e uma em Picos”,conta Carlos. 
Até o momento, o prejuízo da fraude do dono do Casarão ainda não foi calculado pelo setor patrimonial da Eletrobras, mas a informação levantada até agora é de que, pelo menos, 5.000 kWs eram desviados mensalmente pelo empresário.
Além de Humberto Marques, o eletricista responsável pela casa de força do restaurante, Ysmar Wilson Isaias Marques, também foi preso. Os dois foram encaminhados à Central de Flagrantes e aguardam julgamento em audiência de custódia. 
O empresário e o eletricista foram autuados por furto qualificado e fraude e os crimes são inafiançáveis. 
 cidadeverde.com