quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Professores entram na justiça para cobrar salário atrasado da Prefeitura de Luís Correia

Os professores da rede municipal de Luís Correia estão com o salário do mês de julho atrasado e pelo o que se parece o mês de agosto deve ter o mesmo destino. Com medo dessa possibilidade os profissionais acionaram a justiça cobrando a Prefeita Adriane Prado (PP) para que os mesmos possam ter seus direitos assegurados. 
Segundo a denúncia dos professores a prefeitura deve o mês de julho, eles argumentam que são enganados desde o dia primeiro de agosto. Vendo a falta de compromisso da gestão municipal com classe, os professores estiveram em grande quantidade no fórum da cidade para participar de uma audiência no intuito de resolver o problema. 
Representando a Prefeita da cidade Adriane Prado, esteve a Secretaria de Educação Jalma Guimarães que junto com o promotor de justiça, procurador do ministério público, representantes sindicais e um juiz determinaram um acordo para que os professores sejam atendidos em suas reivindicações. Foram três horas de negociações, durante a audiência professores pediram respeito a Prefeito Adriane Prado, também cobraram pagamentos em dia.
"Nunca na história a educação foi tão massacrada como nesta gestão", afirmou um professor. Durante a audiência ficou acertado que a Prefeita Adriane Prado pague o mês de julho no dia 17/08 e manter o pagamento em dia na data 10 de cada mês, o acordo foi assinado através de um termo de compromisso, entre Ministério Público, Prefeitura de Luís Correia e Sindicato representando a classe de educadores.