sábado, 6 de agosto de 2016

Solidariedade confirma a candidatura de Mão Santa e Samaronne a Prefeitura de Parnaíba

              O ex-senador Mão Santa apresenta seu vice, Samaronne Pinheiro
Já no último dia para os partidos políticos realizarem suas convenções partidárias visando à confirmação dos nomes dos seus candidatos a prefeito e vereadores nas eleições deste ano, o partido Solidariedade (SDD) confirmou o nome de Francisco de Assis Moraes Souza, o Mão Santa, para concorrer ao cargo de Prefeito de Parnaíba, tendo como vice o empresário Samaronne Pinheiro.
A convenção iniciou às 18h30 desta sexta-feira (05/08) no Ginásio Poliesportivo Edivaldo Carvalho, Bairro Piauí. O ex-senador Mão Santa destacou, em sua fala, a grandeza de Parnaíba nos anos anteriores e atribuiu, ao governo da situação, atrasos na cidade. Destacou que deseja criar o Programa Minha Empresa Minha Vida para incentivar o desenvolvimento. Apontou que da infância a velhice os cidadãos de Parnaíba estão sem assistência e disse que quem ama cuida e que vai fazer o melhor.
O PSL, comandado por Maxuel Brandão, foi bastante ovacionado quando anunciou a adesão a candidatura do ex-senador Mão Santa.

Informou que pretende construir um palácio municipal no centro de Parnaíba como local de governo. Destacou que as normas para o pleito eleitoral mudaram, como o tempo de campanha; mas a tradição e cultura permanecem e é nisto que acredita. Samaronne Pinheiro disse que Parnaíba o recebeu de braços aberto e que tem que fazer algo pela cidade. Sua decisão de apoiar Mão Santa por reconhecer no mesmo uma lenda viva na política.
A novidade da convenção é que começou quando o Partido Social Liberal (PSL) declarou apoio a Mão Santa, após ter abandonado a convenção, em que foi homologada a candidatura de Antônio Gerivaldo Carneiro Benício (PDT) para disputar o cargo de prefeito e que a princípio detinha tal apoio. O presidente municipal do PSL, Maxuel Brandão, disse que iriam apoiar a deputada Juliana Falcão e devido a mudança de pré-candidato, afirmou que não vão apoiar Gerivaldo Benício. Uma das justificativas apresentadas é de que não tiveram diálogo. Os partidos Solidariedade (SDD) e Partido Social Liberal (PSL) compuseram a coligação “A Cidade é o Povo”.
Fonte: Portal Costa Norte