quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Acusado de estupro e roubo é morto a pauladas e pedradas por populares em Campo Maior-PI

O ex-presidiário Antônio Manoel da Conceição Nascimento, de 30 anos, mais conhecido como Bodão, foi assassinado a pauladas e pedradas por populares na comunidade Água Fria, em Campo Maior. Ele foi encontrado morto na noite desse sábado, 04.09, por familiares com a cabeça esmagada.
Antônio Manoel era acusado de vários crimes, inclusive estupro de uma criança e uma idosa e já havia cumprido pena em presídio do Piauí, onde passou oito anos preso. Contra Manoel já havia um mandado de prisão. Ele já respondia há vários processos, inclusive estupro e roubos. 
Segundo a polícia, ele foi intimado para prestar depoimento na sexta-feira passada e não compareceu na Delegacia Regional de Campo Maior, onde seria preso. A população já havia o denunciado à polícia, por ele ameaçar vários moradores. 
O Serviço de Inteligência da Polícia Civil já havia sido acionado para cumprir o mandado de prisão, quando foi informado da morte do ex-presidiário, que foi linchado por pelo menos 6 pessoas e testemunhado por várias outras, em um campo de futebol na comunidade Água Fria.
Fonte: Campo Maior em Foco