terça-feira, 25 de outubro de 2016

'Habeas corpus' garante a soltura de ex-procurador do MP-PI, filho e nora

O desembargador Sebastião Ribeiro Martins aceitou pedido de habeas corpus libertando o ex-procurador-geral do Ministério Público, Emir Martins Filho. Ele foi preso no início da manhã de ontem pelo Gaeco, acusado de corrupção e desvio de verbas públicas na época em que foi chefe da Procuradoria.
A decisão liberta ainda Tiago Saunders e Susyane Saunders, respectivamente filho e nora do ex-procurador.
Além deles, outras três pessoas foram presas durante a Operação "IL Capo".
Soltos, Emir, Tiago e Susyane terão de cumprir medidas restritivas, tais como comparecimento em juízo, proibição de frequentar casas noturnas, shows e afins, e ainda impedidos de se comunicar com testemunhas elencadas na investigação e de se ausentar da comarca, e do país, com devido recolhimento de passaportes.
Fonte:180 Graus