domingo, 30 de outubro de 2016

Homem pula no rio Parnaíba para não morrer no confronto entre gangues em Parnaiba

                                        Antônio Carlos da Silva Sousa
Desesperado Antônio Carlos da Silva Sousa, 36 anos, chorava na Central de Flagrantes e se lamentava afirmando que teve o antebraço direito quebrado e o carro depredado durante um confronto entre gangues, por volta das 17h deste domingo (30/10) na localidade Conrado, zona rural de Parnaíba.
Segundo o capitão da Polícia Militar, Bernardo Pereira, gangues do Bairro São Vicente de Paula e do Bairro Santa Luzia se encontraram e os desafetos iniciaram uma pancadaria. O carro de Antônio Carlos, um GM/Chevette, modelo 1986, de cor bege, placa LWA 1834 Parnaíba (PI), ficou bastante danificado.
Agredido a pauladas, Antônio pulou dentro rio na tentativa de não ser morto. Na ocasião, se lamentava por não sentir a mão, afirmou que estava com o braço quebrado e queria saber de seu filho de 14 anos. Devido aos conflitos, policiais militares prenderam Waltenir da Silva Batista, Rafael Brito de Oliveira, José Clemílton Aires Sousa, Raidouglas Moura Mesquita, Francisco Leandro Pereira do Nascimento, Dênis da Silva Mesquita e Antônio Carlos Mesquita da Silva. A presença destes, lotou ainda mais a Central de Flagrantes.
Por Daniel Santos
Costa Norte