segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Mãe que acorrentou a própria filha foi liberada da prisão em menos de 24hs, em Parnaíba.

Maria Frankleide R. de Carvalho, presa ao final da noite de sábado (08), acusada de ter acorrentado a sua própria filha, uma menina de 14 anos, foi liberada no inicio da noite deste domingo (09), da Penitenciária Mista de Parnaíba, por força de um alvará de soltura expedido no plantão da justiça local. (REVEJA A MATÉRIA)
                         Maria Flankleide e seu advogado Luis Furtado
De acordo com o advogado Luis Antonio Furtado da Costa, o juiz plantonista entendeu o 'ato desesperado', o qual concedeu liberdade provisória para acusada, que responderá o processo longe das grades.


Fonte: Portal do Catita