quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Profissionais em educação fazem protesto cobrando salário atrasado e melhorias, em Luís Correia - PI: VEJA O VÍDEO

Na manhã desta quinta-feira (20/10) dezenas de pessoas se reuniram em frente a ‘Casa Amarela’, sede da Prefeitura de Luís Correia (PI) para protestar contra alguns impasses causados pela prefeita derrotada Adriane Prado (PP). Durante os protestos, estiveram presentes além dos professores e alunos, motoristas que tinham ônibus contratados para fazer os transportes dos alunos. 
Segundo Nádia Araújo presidente do SINTE na região, as aulas estão paralisadas por falta merenda, transporte e até mesmo água em algumas escolas da Zona Rural. Os professores também reclamam da péssima infraestrutura dos prédios e cobram o pagamento dos salários. 
Segundo Nádia a intenção do protesto é mostrar para a população de Luís Correia que a classe está insatisfeita com a administração de Adriane Prado. “Nós fizemos um acordo judicial, onde esteve representantes da prefeitura, SINTE e do ministério público, ficou acordado que todo dia 10, deveriam ser pagos os salários de todos os trabalhadores em educação e isso não está acontecendo” disse. Nádia ressalta que os pagamentos estão acontecendo até o dia 20, o que é totalmente contrário ao acordo judicial firmado.
Assista o vídeo:
Os professores ainda denunciam que o município não cumpre a lei federal 11.738 e a lei municipal 705 que fala do plano de carreira a qual diz respeito ao horário pedagógico dos educadores. O manifesto aconteceu de forma pacífica e sem tumultos. Depois do protesto, o fato foi denunciado novamente ao ministério público, ninguém da prefeitura quis se pronunciar. 
Roberto William | Folha de Parnaíba