quarta-feira, 26 de outubro de 2016

R$ 20 mil: Prefeito de Regeneração no PI terá salário maior que o do governador

Prefeito terá salário de R$ 20 mil. Vice receberá R$ 10 mil e secretários R$ 4,5 mil.
A Câmara de Vereadores de Regeneração, a 213 quilômetros de Teresina, aprovou ainda em setembro um aumento salarial para prefeito, vice-prefeito e secretários municipais da cidade. Com base na proposta elaborada pela Câmara, o prefeito que assumir em janeiro terá um salário de R$ 20 mil. Atualmente é de R$ 15 mil. Com o reajuste, o vencimento passará a ser maior que o do governador Wellington Dias, que recebe R$ 17,9 mil. Na ocasião, a Câmara também aprovou salário de R$ 10 mil para o vice-prefeito e R$ 4.500 para secretários municipais.
O projeto está para sanção do atual prefeito, Seu Dua (PTB), que teve seu grupo político derrotado nas eleições deste ano e por isso, deve vetar a proposta. Ao O DIA, o vereador Júlio José de Moura, que ajudou a elaborar a proposta dos salários, explica que todos os reajustes ao executivo ocorreram tendo como base, um crescimento de 8% por ano. “Com a inflação de 8% ao ano, temos 32% durante os quatro anos. Foi dessa forma que chegamos no subsidio do prefeito e do vice, que sempre é a metade do prefeito”, na avaliação do parlamentar, não há motivos para vetar a proposta.
O mesmo projeto trata sobre os subsídios para vereador. Atualmente, o parlamentar ganha R$ 4.350,00 e com a proposta, a previsão é a de que em 2020, chegue a R$ 8 mil. No entanto, como os salários de vereador depende do orçamento de cada ano, pode ser alterado. “Na prática, dificilmente o salário vai chegar R$ 6 mil, porque a Câmara só pode gastar até 5% das receitas do ano anterior”, pontua o parlamentar.
Na cidade, há um movimento na tentativa de barrar o aumento de salário de prefeito, vice, secretários e vereadores. O DIA tentou contato com o atual prefeito, mas ele não atendeu as ligações. Em caso de veto, a proposta é analisada pela Câmara, que pode derrubá-lo. A cidade Regeneração possui cerca de 18 mil habitantes e está localizada na microrregião do médio Parnaíba. A partir de janeiro, o Hermes Júnior deve assumir o comando da cidade.
Jornal O Dia