domingo, 6 de novembro de 2016

PF deflagra operação no combate a fraudes no Enem no Piauí

A Polícia Federal deflagrou, na tarde deste domingo (06), a “Operação Jogo Limpo” em sete estados do Norte e Nordeste, entre eles o Piauí. A ação visa reprimir fraudes contra o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece neste final de semana. Além do Piauí, foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão nos estados do Maranhão, Ceará, Paraíba, Tocantins, Amapá e Pará.
Em nota, a Polícia Federal esclareceu que a suspeita surgiu após análise de gabaritos de edições anteriores do exame. "A partir da análise de gabaritos apresentados em anos anteriores, promovida pela Polícia Federal em conjunto com o INEP, foram identificadas 22 pessoas que teriam apresentado respostas suspeitas de fraude e que fariam a prova novamente em 2016", diz a nota.
De acordo com o G1, uma segunda operação, denominada de “Embuste”, deflagrada pela Polícia Federal em Montes Claros (MG), com o auxílio do Ministério Público Federal e do Inep, tem como objetivo de desarticular uma organização criminosa suspeita de fraudar processos seletivos para universidades e que teria também agido no Enem. A operação realizada em Minas Gerais cumpriu 28 mandados judiciais, sendo 4 de prisão temporária, 4 de condução coercitiva, 15 de busca e apreensão e outros 5 de sequestro de bens.
Segundo a investigação da Polícia Federal, a organização utilizava uma central de telefonia celular para repassar gabaritos de provas para candidatos. O principal alvo eram cursos de medicina.
Fonte: GP1