segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Prefeito de Cajueiro da Praia pode decretar estado de calamidade pública em razão do caos e abandono que se encontra o município

É triste e lamentável a situação em que o prefeito de Cajueiro da Praia, Girvaldo Albuquerque, encontrou o município ao fim da pífia gestão da ex-prefeita daquela cidade. Durante os últimos quatro anos, o município viveu dias de angustia e abandono sob o comando de uma gestora inerte e que já se achava reeleita antes do tempo. 
Ao assumir o mandato, a primeira ação do prefeito Girvaldo Albuquerque foi mandar limpar, com urgência, as ruas, praças e espaços públicos da cidade, que estavam em estado deplorável. Depois da humilhante derrota, a ex-gestora deixou a cidade entregue aos urubus, com a grande quantidade de lixo por todos os lados.
                                               Lixo, lixo e mais lixo
Segundo moradores e comerciantes, sem o serviço regular de limpeza pública funcionando, Cajueiro da Praia teve que conviver com riscos de doenças e com o mau cheiro e fedentina proveniente dos resíduos orgânicos. Na região central da cidade e nas principais vias de acesso à Praia de Barra Grande, uma das mais frequentadas do litoral, a sujeira e o acúmulo de lixo manchavam as belas paisagens do local, gerando uma péssima imagem aos turistas.
 Dr. Girvaldo autoriza limpeza de ruas e avenidas 
Girvaldo Albuquerque garantiu que o serviço de limpeza pública terá atenção devida em sua gestão, para não deixar que Cajueiro da Praia se transforme em um quase lixão, como ocorreu nos anos anteriores, prejudicando o turismo e causando insatisfação aos moradores e visitantes.
                                      Escolas fechada e depredada
Se a ex-prefeita não cuidou nem da limpeza pública, imagine como estava a situação das escolas municipais. Foi justamente isso que o prefeito Girvaldo Albuquerque constatou durante visita. Ele ficou perplexo com o que viu e como eles tratavam a coisa pública e as crianças que frequentava as escolas, com estruturas precárias. Telhados e vasos sanitários quebrados, cisternas vazias, salas de aulas sem estrutura adequada para o trabalho dos professores, um verdadeiro caos, como se verificou na Unidade Escolar Eulídio Carvalho. Educação nota zero foi a marca da gestão da ex-prefeita. Tudo propaganda, apenas para enganar os mais ingênuos.
                Ex-prefeita derrotada não deu a devida atenção a saúde
Girvaldo Albuquerque se comprometeu a tratar a saúde de Cajueiro da Praia como prioridade de seu governo, diante da calamidade deixada pela ex-prefeita. Um dos exemplos disso é a situação vergonhosa dos postos de saúde, que funcionavam de forma praticamente improvisada e sem estrutura.
Lixo hospitalar, dependências internas em estado de abandono, equipamentos quebrados e até cadeiras odontológicas deixadas em corredores de unidade de saúde do município. Enquanto isso, o povo de Cajueiro da Praia penava com os péssimos serviços da ex-gestão. Muita conversa para pouco resultado. 
Hoje, a população de Cajueiro da Praia comemora a vitória de Girvaldo Albuquerque porque sabe que a saúde será eficiente e de pleno acesso a todos os moradores.
                    Carros e motos da prefeitura totalmente sucateados
Girvaldo Albuquerque também se surpreendeu com a forma desleixada como a ex-gestora deixou carros e motos, patrimônio do município, ficarem jogados nas dependências de secretarias, sem nenhuma manutenção ou utilização. Veículos comprados com o dinheiro do povo estão se acabando com o tempo, por conta da falta de compromisso da ex-gestora do município
Além dos veículos, foram encontrados fogões, cadeiras, mesas, computadores, impressoras e equipamentos de escritório na mesma situação.
                               Quadras esportivas parcialmente destruídas
O prefeito Girvaldo Albuquerque disse que a juventude de Cajueiro da Praia voltará a ter espaços de lazer para a prática de esportes. Ele encontrou as quadras várias sem estrutura e danificada pela falta de manutenção, como se constatou nas imagens. 
Redação Folha de Parnaíba