quinta-feira, fevereiro 16, 2017

Secretário estadual de administração trata sobre lançamento do edital do concurso da PM

Segundo o secretário, o governo está finalizando o planejamento sobre as contas que serão geradas pelo concurso para evitar instabilidade financeira no estado.
Durante solenidade na manhã desta quinta-feira (16), na sede da Secretária de Segurança Pública do Piauí, o secretário Estadual de Administração, Franzé Silva, falou sobre os últimos detalhes que faltam para o lançamento do edital do concurso público da Polícia Militar.
Segundo o secretário, o governo está finalizando o planejamento sobre as contas que serão geradas pelo concurso a fim de evitar instabilidade financeira no estado. “Nós estamos fazendo agora a questão do impacto salarial do que seria o resultado do concurso, para que a gente possa colocar dentro do nosso fluxo de caixa, para podermos a partir daí pegarmos autorização do governador. A lógica sempre é essa: nós planejamos as coisas antes de lançarmos, para evitar que o Piauí venha ter um desequilíbrio nas finanças”, disse.
“A população exige isso do governo e esse concurso da PM será apreciado pelo governador depois do término do impacto para que a gente possa pensar no lançamento do edital. Nós estamos fechando o cálculo financeiro, depois disso é que nós levaremos para a apreciação do governador e determinação de datas”, finalizou Franzé.
De acordo com o comandante geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos Augusto, serão ofertadas 400 vagas para soldados de início imediato, todas destinadas para o interior do Estado. “Serão 100 militares para a região Norte, 100 para a região Sul e Extremo Sul, 100 para a região de Picos, a região ali do semiárido e os outros eu vou dividir uma parte para Floriano e a outra parte para a área dos Cerrados, que compreende a Serra da Capivara, em torno de São Raimundo Nonato, São João e Simplício Mendes”, complementou.
Fonte: GP1