sábado, março 11, 2017

Em 2016, os consumidores pagaram R$ 1,8 bilhão a mais na conta de luz

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) disse que vai devolver aos brasileiros R$ 1,8 bilhão que foram pagos indevidamente nas contas de luz em 2016. A falha incluiu aos consumidores as projeções de custos de encargos operacionais de Angra 3, usina cujas obras estão atrasadas, sem previsão de conclusão.
À TV Globo, a agência reconheceu a falha no momento do cálculo da conta de luz e disse que o erro foi baseado em informações da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).
O erro só veio à tona graças ao presidente do Instituto de Cidadania de Formosa (GO), Geraldo Lobo, que ingressou com uma ação popular questionando o cálculo da conta de luz.
O dinheiro será devolvido, mas por meio de reajustes menores nas tarifas de energia, que devem ficar até 1,2 pontos percentuais abaixo do esperado para compensar os usuários.
Fonte:180 Graus