quarta-feira, março 15, 2017

PI: Acusado que 'arrancou' tornozeleira é preso com Camaro, S10 e R$90 mil

O trabalho de inteligência e troca de informações entre as polícias civil do Piauí, Distrito Federal e Goiás resultou na captura de Hélio Silva Soares. O acusado já havia sido preso pela Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes em Teresina, em maio de 2015, por tráfico de drogas.
Na época, Hélio Silva foi preso com outros sete acusados após operação conjunta entre as polícias Civil, Militar e PRF do Piauí e Maranhão. Com a quadrilha foram apreendidos 60kg de crack e R$ 300 mil que seriam usados para compra de armas.
O dinheiro estava escondido num fundo falso de um Cross Fox prata e seria levado a outro estado da Federação.
"A Justiça concedeu liberdade e ele passou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica. No dia seguinte arrancou o equipamento e fugiu. Desta vez ele foi preso com R$ 90 mil, armas, um Corolla, uma S10 e um Camaro", informou o Delegado Matheus Zanatta, através de nota encaminhada pela assessoria da Secretaria de Segurança Pública do Piauí.
- Fotos: Divulgação/SSP-PI
*Com informações SSPI